x

Post

Tudo o que você precisa saber sobre tecidos para uniformes profissionais

Você já conhece a diversidade de tecidos para uniformes profissionais disponíveis no mercado?

A variedade de uniformes profissionais para empresas que conhecemos hoje, só é possível pela também diversificada oferta de tecidos sintéticos e naturais, obtidos a partir das fibras de algodão, elastano, poliéster, viscose, etc.

Alguns tipos de tecidos para uniformes profissionais resultam da união de mais de uma dessas fibras, como é o caso do elaston: composto por 68% poliéster, 27% algodão e 5% elastano.

Conhecer o universo dos tecidos para uniformes profissionais é essencial para a escolha do fardamento ideal para os colaboradores do seu negócio, entender a composição e a finalidade de cada tecido faz parte desse processo.

Por isso, neste texto, nós vamos te apresentar os tecidos utilizados na composição das mais variadas categorias de fardamentos profissionais, bem como a utilidade e características de cada um.

Pronto para escolher ainda melhor o uniforme dos colaboradores da sua empresa? Então continue com a gente.

Principais tipos de tecidos para uniformes profissionais

1. Jeans ou brim

O jeans e o brim são os tipos de tecido mais indicados para a confecção de peças como jaquetas e calças, graças à sua alta resistência e durabilidade.

Por conta dessas características, este tipo de tecido oferece segurança ao trabalhador envolvido com atividades operacionais e industriais (sem abrir mão do conforto!).

E por falar em conforto, o jeans e o brim são tecidos fáceis de lavar e, por esse motivo, conquistaram o dia a dia de muitos profissionais.

Por outro lado, esses tecidos não são muito recomendados para ambientes ou dias muito quentes, porque graças à sua textura mais densa e grossa, retêm mais calor se comparados à outros tecidos mais leves.

2. Microfibra

De origem sintética, a microfibra é um tecido durável que mantém boa aparência mesmo depois de longo tempo de uso e inúmeras lavagens.

E por falar em lavagem, as peças feitas em microfibra secam rápido.

E mais: este tecido é antialérgico.

A microfibra é indicada para a confecção de uniformes profissionais que exijam estética e status refinado.

Talvez por esse motivo, as roupas profissionais feitas com esse material costumam ter um valor mais elevado.

3. Algodão

O algodão é um tecido de fibra natural, largamente utilizado para a confecção dos mais diferentes tipos de uniformes.

As peças que não são produzidas integralmente com algodão, em sua maioria, são feitas com tecidos que levam pelo menos uma porcentagem de fibra de algodão na sua composição.

Os tecidos de algodão são frequentemente utilizados na confecção de camisas, moletons e outras peças de uniformes, porque são:

  • leves;

  • confortáveis;

  • frescos;

  • extremamente versáteis; e

  • adaptáveis a diferentes temperaturas.

Outra característica deles, que não é muito apreciada, é a possibilidade de encolher ou lacear após alguma lavagem descuidada. Por ser um tecido natural, as possibilidades de amassar também são maiores.

4. Poliéster

Assim como o algodão, o poliéster é um tecido amplamente utilizado, com o diferencial de possuir alta durabilidade.

O poliéster é um tecido elaborado com fibras originárias do petróleo, por isso, de acordo com as normas de segurança, seu uso não é recomendado em uniformes de funcionários que trabalhem em contato direto com fogo ou outros inflamáveis.

Atenção: sob altas temperaturas, o poliéster pode causar queimaduras graves.

Apesar dos cuidados que este tecido requer, a fibra do poliéster (misturada à fibra de algodão, por exemplo) é amplamente utilizada para a confecção de outros tecidos - como o moletom, que tem em sua composição 50% algodão e 50% poliéster.

Uma desvantagem apresentada por este tecido é a possibilidade de acumular calor e umidade, devido a sua baixa respirabilidade.

5. Viscose

 

É um tipo de tecido formado a partir da celulose de árvores pouco resinosas ou do línter da semente do algodão.

A viscose funciona como base para a confecção de outros tecidos como a malha, além de ser diretamente utilizado na confecção de peças de roupas, principalmente trajes desportivos - porque este é um tipo de material que não exige lavagens muitos longas e é fácil de passar.

Quando misturado com o acetato, passa a ser conhecido como seda javanesa.

A viscose apresenta ainda a vantagem de ser um tecido com valor acessível, com toque e caimento melhor que o algodão, além de cor mais intensa e textura melhor.

Outros tipos de tecidos para uniformes profissionais

Conforme vimos na seção anterior, alguns tipos de tecido são mais comuns no mercado de fabricação de roupas profissionais, como é o caso da microfibra e do brim.

A partir da mescla das fibras de algodão, poliéster e viscose, muitos outros tipos de tecidos para uniformes profissionais são produzidos.

Acompanhe na tabela a seguir, alguns desses tecidos para uniformes profissionais e a sua aplicabilidade na confecção de diferentes peças de fardamento para empresas.

Melhores tecidos para a confecção de peças de uniforme profissional

Calças

terbrim, sarja, oxford, gabardine, brim, profissional

Blusas

malha, piquet pa, elaston, fil, fil-a-fil, natural blend, tricoline, worker, malha pv, malha pa

Jaquetas

nylon, jaw

Moletom

moletom

Macacão

terbrim, brim profissional

Aventais

tergal verão, terbrim, oxford, gabardine, brim profissional, natural blend

Guarda-pó

brim profissional, gabardine, oxford, tergal verão

 

Agora, vamos apresentar brevemente esses outros tecidos comentando a composição e principais características de cada um deles.

Tricoline

Tecido produzido 100% em algodão. É indicado para compor peças leves e frescas, por isso é largamente utilizado para a confecção de camisas para empresas.

Tergal Verão / Tebrim

Composto 67% de fibra de poliéster e 33% de fibra de algodão, o tergal verão é um tecido durável e, por isso, indicado para serviços pesados. A principal vantagem dele é que ele lava fácil e seca rápido.

Oxford

Muito utilizado para a confecção de roupas sociais, principalmente calças. É um tecido composto por puro poliéster e apresenta uma textura leve, fina e maleável. Além disso, possui ótimo toque e é um tecido resistente para uniforme .

Gabardine

Tecido com acabamento limpo e estrutura firme e duradoura. Composto pela mescla de fios de poliéster (67%) e algodão (33%), veste muito bem e sua superfície torna-se mais brilhosa com o tempo.

Natural blend

Utilizado para camisaria em geral, esse tecido é sinônimo de nobreza. O toque de fibra natural (73% algodão) com a dose certa de poliéster (27%), garantem conforto e resistência para uma melhor performance.

Malha

É um tipo de tecido muito utilizado para a confecção de camisas, porque une o conforto do algodão com a resistência do poliéster. Existem inúmeras variações de malhas, listamos as principais a seguir:

  • Malha PA ou Piquet PA:

Composta 50% por algodão e 50% por poliéster, esse tipo de malha tem excelente durabilidade e padrão de qualidade. É leve e macia, por isso é própria para uso frequente.

  • Malha PV:

Assim como o tipo anterior, possui elevado padrão de qualidade. Em sua composição, além do poliéster (67%), apresenta viscose (33%) no lugar do algodão, o que torna as peças produzidas mais fáceis de lavar e passar.

  • Malha Colegial:

Apresenta alta durabilidade e maciez. É composto por 65% de poliéster e 35% de algodão.

Elaston

Fácil de passar e não amarrota fácil. Formado pela mescla da maciez vinda do algodão (27%), mais a resistência do poliéster (68%), com um toque de maleabilidade do elastano (5%).

Fil

Ideal para setor de serviços. Apresenta baixo amarrotamento e facilidade de passar. Além disso, apresenta alta durabilidade para uniformes que estão expostos a serviços e lavagens mais pesados. Composição: 67% poliéster e 33% algodão.

Fil-a-fil / Worker

É um tecido que apresenta aspecto jovem e moderno através de um visual único. Com um toque agradável, garante durabilidade, conforto e facilidade de manutenção. Assim como a malha piquet/pa, é composto por de 50% algodão e 50% de poliéster.

Nylon

Apresenta toque agradável, secagem rápida e não absorve umidade. Composto 100% por poliamida, esse é um tipo de tecido para uniforme que não amassa e costuma ser muito utilizado na confecção de jaquetas.

Jaw

Formado por puro poliéster, apresenta toque macio e a resistência esperada deste tipo de material.

Moletom

É um tecido único, composto pela mistura de poliéster 35%, da viscose 17% e do algodão 48%. É largamente utilizado na composição de uma peça do vestuário de mesmo nome.

Sarja

É um tecido de toque macio e confortável, composto exclusivamente por fibra de algodão (100%).

Você já ouviu falar em tecidos anti-pilling?

Anti-pilling é uma tecnologia aplicada ao tratamento dos tecidos, com a finalidade de torná-los mais resistentes à formação das tão comuns e incômodas bolinhas que acabam a médio e longo prazo aparecendo na superfície deles.

Graças à essa tecnologia, muitos tecidos para uniformes profissionais têm seu tempo de uso ampliado, o que é um ganho importante para aqueles profissionais que necessitam lavar os uniformes várias vezes por semana ou diariamente.

Conheça os uniformes profissionais da Colbeck

A Colbeck é especialista na confecção de uniformes personalizados para empresas dos mais diversos segmentos e utiliza os melhores tecidos para uniformes profissionais disponíveis no mercado.

No setor de peças femininas, temos camisetas, camisete feminina, colete, guarda-pó, jaqueta, jaqueta leve, moletom e polo. As nossas peças masculinas são avental/envelope, calça, camisa brim, camisa social, camiseta, colete, esportivo, guarda-pó, jaqueta, jaqueta leve, macacão, moletom, polo.

A Colbeck atua no mercado há mais de 30 anos oferecendo uniformes profissionais exclusivos e personalizados para cada parceiro.

Nossos processos de produção possuem um rigoroso controle de qualidade.

Esses esforços, alinhados ao cuidado com o conforto, beleza e, principalmente, o estilo dos uniformes que produzimos, garantem a entrega de produtos inovadores que contribuem para o fortalecimento da identidade e cultura das organizações.

Hoje a empresa opera numa área de 2.000 metros quadrados, com sessenta funcionários diretos, e uma produção média de 7.000 peças por mês, com uma carteira de mais de 3 mil clientes.

Além de transmitir a missão da empresa, as peças produzidas pela Colbeck também são elaboradas com muito estilo, adequando-se sempre ao que o cliente deseja transmitir.

Clique abaixo para conferir os produtos do nosso catálogo!

catálogo da colbeck

 

Para comprar os uniformes dos seus funcionários conosco, solicite um orçamento em nosso site.

Espero que tenha gostado do nosso conteúdo! Um abraço e até a próxima.


Newsletter